Categorias
Passeios

Nervi, Gênova: Dicas do que ver

O bairro de Nervi, em Gênova, é um dos lugares mais charmosos da cidade. Trata-se de um bairro residencial localizado no extremo leste de Gênova. Além disso, Nervi tem a particularidade de ser um bairro litorâneo e com um parque incrível.

Nervi foi um município independente até 1926, quando passou a fazer parte de Gênova, mas o lugar tem origens antigas. De fato, um primeiro povoado que foi construído ali no início do século I e era uma estação para parar e trocar cavalos.

Ao longo dos séculos a vila foi se expandindo e durante os séculos XVII,XVIII e XIX tornou-se muito popular através da nobreza genovesa que escolheu Nervi para construir seus palacetes residenciais.

LEIA TAMBÉM  Boccadasse, o bairro mais charmoso de Gênova

O que ver e fazer no bairro de Nervi

Se você pretende passar dois ou mais dias em Gênova, eu aconselho colocar Nervi no seu roteiro. O lugar é realmente encantador e parece que você está em uma vila de pescadores, e não em uma cidade grande como Gênova!

Passeggiata Anita Garibaldi

O passeio começa no cais de Nervi e chega ao antigo porto de Capolungo com uma extensão total de cerca de 2km.

O calçadão era originalmente um antigo caminho que, a partir de 1823, foi utilizado por pescadores e agricultores da zona para chegarem aos barcos ou aos terrenos agrícolas que então margeavam o mar.

A paisagem deslumbrante, especialmente a costa rochosa de Nervi, bem como a vista da península de Portofino, convenceram o marquês Gaetano Gropallo a construir um novo passeio público. A primeira parte ligava o pequeno porto de Nervi à antiga torre Gropallo, enquanto a segunda, construída em 1872, ligava a Serra Gropallo a Capolungo.

O passeio é dedicado a Anita Garibaldi, esposa de Giuseppe Garibaldi. É um percurso maravilhoso, perfeito para uma caminhada ou para chegar aos restaurantes panorâmicos com vista para o mar.

 

A marina

O que hoje é a marina de Nervi, já foi uma enseada natural. A pequena baía é cercada pelas típicas casas coloridas da Ligúria e repleta barcos de pescadores. De fato, parece um cartão postal de uma vila.

Além disso, nas noites de verão, as discotecas que rodeiam a praia são o ponto de encontro dos jovens do bairro e dos que vêm de toda a Gênova para tomar uma cerveja na beleza de um cenário único.

 

O Parque de Nervi

Certamente o parque mais bonito de Gênova, o Parque de Nervi é formado por série de jardins que antigamente pertenciam aos palacetes nobres.

A Villa Grimaldi é um dos palacetes nobres localizados dentro do Parque de Nervi

 

Ele abrange uma área de cerca de 92.000 m² e lá denteo é possível encontrar espécies botânicas muito especiais, algumas de interesse monumental. A clássiva vegetação mediterrânea se mistura com plantas exóticas e tropicais. Por exemplo, pode-se ver uma planta de pimenta crescendo à sombra dos pinheiros bravos e as palmeiras compartilhando a terra com cedros, oliveiras e oleandros. Sem dúvida é uma maravilha para todos os sentidos.

O Parque de Nervi é o lugar perfeito para um piquenique e também para relaxar e respirar ar puro. Além disso, se você viaja com crianças, há um parquinho para elas correrem e se divertirem!

Por fim, no parque de Nervi há um jardim de rosas. É um lugar muito romântico, especialmente na primavera, quando as flores estão em plena floração e tudo fica colorido como em uma pintura impressionista. O roseiral nasceu em 1981 e abrigava cerca de 800 espécies diferentes de rosas! Infelizmente, hoje em dia resta menos de 1/3, mas o espetáculo ainda é único!

Bairro de Nervi

O Parque de Nervi é um parque público e a entrada é gratuita.

 

Comer uma focaccia na Focacceria Buon Appetito

A Focacceria Buon Appetito é uma das minhas preferidas em Gênova. A poucos passos da estação (saindo, vire à esquerca pelo caminho que leva ao calçadão), a Focacceria Buon Appetito é o lugar certo para fazer um lanche. Não há mesas, mas você pode comprar seu pedaço de focaccia e ir comê-la olhando o mar ou ir até o parque e saboreá-la sentado no gramado. As focaccias de lá são uma delícia!

Bairro de Nervi
A focacceria Buon Appetito

 

Como chegar ao bairro de Nervi em Gênova

De carro: autoestrada A12, pegando a saída para Genova Nervi e seguir as indicações para o centro da cidade. Você também pode chegar a Nervi pela estrada estadual SS1 Aurelia. Há uma área de estacionamento na frente da estação (faixas azuis)

Trem: a estação ferroviária Genova Nervi é muito importante e inúmeros trens param lá. É um modo fácil e prático de ir a Nervi e se você sai das estações de Principe ou Brignole, a viagem dura cerca de 15/20 minutos.

Ônibus: linhas 15, 17, 31.

Se você for a Nervi no período da tarde, tente ficar até o pôr do sol!
Categorias
Passeios

Boccadasse, o bairro mais charmoso de Gênova

Boccadasse é um lugar imperdível quando se visita Gênova. Com suas casas em tons pastéis e uma prainha de cascalho, esta pitoresca vila de pescadores é um verdadeiro deleite para os olhos.

Antes de tudo, é importante saber que Boccadasse é uma parte de um bairro de Gênova chamado Albaro. Praticamente é tão escondido, que não dá nem para ver a partir da rua principal. No entanto, ele está localizado em um lugar tão bonito e é tão diferente do centro de Gênova que parece que estamos em uma pequena vila de pescadores, não na capital da Ligúria.

Além disso, é como se estivéssemos saboreando uma prévia das Cinque Terre!

Boccadasse

Um pouco da história de Boccadasse

As origens de Boccadasse não são muito claras.

Ao que parece, na Idade Média, por volta do ano 1000, alguns pescadores espanhóis, depois de uma tempestade, teriam encalhado em uma prainha de pedras e decidido construir uma vila ali. Na época, chamaram o lugar de Donderos, que era o nome do capitão deles.

Depois de alguns anos a aldeia tornou-se parte do distrito de San Francesco d’Albaro. Depois disso, no século XIX, passou a fazer parte de Gênova.

Posteriormente, com o crescimento de Gênova, todo o bairro de Albaro foi reconstruído e mudou muito. No entanto, Boccadasse permaneceu sempre o mesmo. Nada mudou por lá. Além disso, no século XX, as autoridades locais pretendiam demolir toda a aldeia de Boccadasse (!). Felizmente, graças ao protesto dos moradores, a decisão foi mudada e hoje podemos admirar este lugar encantador em Gênova.

Desde então, esta vila de pescadores dentro de Gênova tem inspirado compositores e poetas.

Mas de onde vem o nome Boccadasse?

Não se sabe ao certo. Segundo alguns, derivaria do nome de um certo Guglielmo Boccadassino, um proprietário de terras do lugar. No entanto, a teoria mais popular é aquela que diz que Boccadasse derivaria do dialeto genovês “böcca d’ase” (ou “boca de asno”) por estar localizado no coração de uma baía bastante estreita.

 

O que ver e fazer em Boccadasse

Boccadasse é minúscula, portanto não há muitas atrações para ver. De fato, é aquele tipo de lugar para se aproveitar a atmosfera, tomar um drink, curtir a paisagem.

A igrejinha de Santo Antonio

Ao chegarmos a Boccadasse, a primeira coisa que vemos é a Igreja de Santo Antonio de Pádua, um edifício erguido pelos pescadores como oratório a partir do século XVIII. A estrutura foi ampliada várias vezes ao longo dos anos, primeiro para alargar a nave, depois com a adição da torre do sino em 1827 e, finalmente, por ocasião da consagração em 1864.

O seu interior é caracterizado por um piso de mármore policromado e preserva várias obras de arte e, penduradas nas paredes, algumas maquetes de embarcações doadas como ex-voto pelos fiéis pelas graças recebidas.

O ponto panorâmico da Piazza Enrico Bassano

Atrás igreja há uma pracinha fantástica. De lá, você pode admirar uma vista maravilhosa de Boccadasse. Além disso, é também o melhor local para tirar fotos. Depois, da praça, pode-se descer por uma viela que leva à praia.

A pracinha
E a vista!

Nessa ruazinha há vários restaurantes e bares onde pode comer peixe fresco e tomar um drink. De fato, é um lugar muito popular entre os habitantes de Gênova, especialmente durante os fins de semana e à noite.

Lá em frente, entre o prédio rosa e amarelo, está a viela que leva da praça até a praia.

 

A prainha de Boccadasse

A praia de Boccadasse é de pedras (seixos cinzas), bem pequena e circundadas pelos prédios coloridos. De uma certa forma, fica protegida do barulho da cidade, por isso é considerada um oásis em Gênova, que é uma cidade grande. Aqui o som predominante é o das ondas, das crianças brincando e das pessoas conversando.

boccadasse
Mesmo fora do verão, nos dias de sol as pessoas aproveitam para sentar na praia e levar as crianças para brincar.

 

Enfim, não há exatamente uma lista de coisas para fazer em Boccadasse. Sem dúvida, a melhor forma de curtir o lugar é passear, desfrutar do ambiente e quem sabe parar para tomar um drink geladinho em algum cantinho com uma vista maravilhosa.

 

Onde comer em Boccadasse

Há inúmeros bares e restaurantes de frente para a praia. Uns mais turísticos e outros menos, oferecem comida de rua e pratos típicos de Gênova. Algumas dicas de restaurantes e bares são as seguintes:

Strambata

Este é o bar mais popular e famoso de Boccadasse. Lá você pode tomar drinks e experimentar alguns petiscos deliciosos que são servidos durante o happy hour. O único problema é que existem apenas cadeiras e nenhuma mesa. Os clientes sentam em cadeiras, na praia ou ficam a pé. Em todo caso, a vista que você pode admirar durante o seu aperitivo é deslumbrante!

Está vendo esta aglomeração na frente do bar com toldo listrado azul e branco? É o Strambata!

Trattoria Osvaldo

Se você prefere um restarante de frutos do mar, uma boa pedida é a Trattoria Osvaldo, especializado em culinária genovesa.

Patanegra

O Patanegra é um de nossos preferidos. É uma pizzaria, restaurante e também bar perfeito para o happy hour. Há um amplo terraço com vista para o mar, perfeito para tomar um drink no verão.

Happy hour do Patanegra

 

Como chegar a Boccadasse

O bairro de Boccadasse está localizado no leste de Gênova e dista cerca de 20min do centro histórico. Se estiver de carro, coloque como destino o seguinte endereço: Corso Italia, 38. É o endereço da sorveteria Il Baretto, pois em frente a ela há uma boa área de estacionamento. De qualquer forma, é também possível estacionar ao longo do Corso Italia, onde houver faixas azuis. Os estacionamentos são pagos e há maquininhas nas redondezas. Você terá que fazer o ticket e deixá-lo exposto no painel no carro.

Chegar lá é muito simples. Caso não esteja de carro, você pode tomar o ônibus 31, que sai da frente da estação Brignole. Depois é só descer na parada Italia 6 / Boccadasse.

 

Hotéis em Boccadasse

Gostaria de se hospedar em Boccadasse? Então veja no mapinha abaixo algumas opções de hotéis.

Booking.com

 

Por fim, na minha opinião Boccadasse é a parte mais charmosa de Gênova. Se você está visitando a capital da Ligúria, com certeza deveria dar um pulinho lá.