Categorias
Atualidades

Ponte San Giorgio: O novo viaduto de Gênova

Como sabemos, pois foi notícia no mundo inteiro, em 14 de agosto de 2018 ocorreu uma verdadeira catástrofe em Gênova. Uma parte do viaduto Ponte Morandi, desabou de repente, causando a morte de 43 pessoas.

O viaduto fazia parte da autoestrada A10, que liga a Itália à França. Após o desabamento da Ponte Morandi, a conexão crucial com a rodovia foi interrompida. Sem a ponte, todos os motoristas tiveram que usar outras rodovias para se deslocar de oeste para leste e vice-versa, ou tiveram que sair da rodovia em Gênova e dirigir por dentro da cidade.

Como era a ponte Morandi em Gênova antes do desastre.
ponte morandi em Gênova
O viduto após a queda

O novo viaduto de Gênova

Após muitas discussões e ideias diferentes sobre como deveria ser construído o novo viaduto, decidiu-se demolir completamente a Ponte Morandi em Gênova e construir uma nova, do zero, para substituí-la. O novo viaduto se chama “Ponte San Giorgio”.

Para isso, demoliram os dois últimos pilares da Ponte Morandi com 500 kg de explosivos em 28 de junho de 2019. Removeram o viaduto juntamente com várias casas danificadas que ficavam nas proximidades.

O projeto da nova ponte foi desenhado pelo famoso arquiteto genovês Renzo Piano, e a construção começou em abril de 2019. A ponte terá 1076m de comprimento e 18 pilares elípticos de concreto armado. O construtor garante que será uma ponte extremamente sustentável e “inteligente”, com sistemas de automação robótica e sensor para monitoramento e manutenção da infraestrutura e com um sistema especial de desumidificação para evitar a formação de condensação de sal e limitar os danos por corrosão.

A ponte no final do mês de maio de 2020

Inauguração da Ponte San Giorgio

Mesmo com a pandemia, as obras não pararam. Em 28 de abril de 2020 foi colocada a última parte do viaduto.

Enfim, no dia 03 de agosto de 2020 aconteceu a cerimônia de inauguração e, finalmente na noite de 4 de agosto, o viaduto foi aberto ao trânsito de veículos.

Sem dúvida o desabamento do viaduto de Gênova é uma ferida ainda aberta. Mas de qualquer forma, o Ponte San Giorgio o símbolo de uma cidade que sempre consegue se reerguer.

Categorias
Passeios

5 atrações para conhecer no Porto Antigo de Gênova

O Porto Antigo de Gênova é, certamente, a área mais visitada pelos turistas que chegam à Superba. Descubra as atrações que você poderá ver por lá!

O lugar foi completamente reconstruído em 1992, com uma intervenção do famoso arquiteto Renzo Piano. O porto antigo de Gênova é, de fato, muito simples de ser visitado, tanto se chegarmos a Gênova de trem quanto para os turistas que desembarcam de navios de cruzeiro.

Além disso, é lá que estão algumas das atrações mais populares da cidade, uma perto da outra, começando pelo Aquário de Gênova.

Enfim, veja abaixo 5 atrações para você conhecer na área do Porto Antigo de Gênova.

 

1. O Aquário

Certamente a atração mais amada em Gênova é o seu aquário, o maior da Europa em número de animais. Grandes e pequenos literalmente permanecem de boca aberta em frente às enormes piscinas com pinguins, tubarões, focas e golfinhos. A sala das águas-vivas nos fará apaixonar-se por essa espécie marinha tão maltratada, enquanto no Pavilhão da Biodiversidade é possível acariciar as arraias e ver répteis de todos os tipos.

Aquario de Genova
Uma medusa do Aquário de Gênova

2. A Biosfera

Caminhando ao longo do Porto Antigo de Gênova, em um certo ponto, vemos uma bolha gigante de vidro suspensa sobre a água. É a Biosfera, outro projeto de Renzo Piano, uma esfera que contém um verdadeiro ecossistema tropical, com mais de cento e cinquenta animais e plantas, incluindo um papagaio bem treinado que adora posar para ser fotografado.

Aquario de Genova

3. O elevador panorâmico

Sempre de Renzo Piano é o Bigo, o elevador panorâmico do porto antigo de Gênova que certamente não passa despercebido. A forma do Bigo é inspirada nos guindastes montados em navios de carga para descarregar as mercadorias, antes que os contêineres para transporte marítimo começaram a ser usados.

4. O Galata Museo del Mare

Um dos museus marítimos mais interessantes e originais do Mediterrâneo é, sem dúvida, o Galata Museo del Mare, em Gênova, a poucos passos do Aquário e da Biosfera.

O Galata Museo del Mare hospeda reproduções de navios, incluindo uma galeão genovês de tamanho original e mapas marítimos antigos com sistemas interativos, curiosidades sobre Cristóvão Colombo, uma exposição sobre monstros marinhos, a balsa com a qual Ambrogio Fogar sobreviveu a um naufrágio, uma área dedicada a migrações por mar e muito mais.

 

5. O submarino Nazario Sauro

Com o mesmo ingresso do Galata Museo del Mare, também é possível visitar o submarino Nazario Sauro ancorado no cais em frente ao museu. Sem dúvida, entrar em um submarino é uma experiência única que nos fará imaginar a vida lá dentro. Na Itália, existem apenas 3 submarinos abertos à visitação e um deles é justamente o Nazario Sauro de Gênova, por isso não devemos perder esta oportunidade!

 

Para salvar no Pinterest